Quais as Caracteristicas literarias e Obras dos seguintes autores?


Pergunta de Piu Piu: Quais as Caracteristicas literarias e Obras dos seguintes autores?
E aew gente,preciso de um favorvasso de vocês,e o seguinte,preciso fazer uma pesquisa para estudar para uma prova,mais to sem tempo,porque to fazendo um curso técnico ao mesmo tempo,dai se vocês puderem me ajudar vai ser muito bom!
A pesquisa é o seguinte:
Características Literárias e Obras dos seguintes autores:
*Mário de Andrade
*Osvaldo de Andrade
*Manuel Bandeira
*Cecília Mirelis
*Carlos Drumond de Andrade
*Vinicios de Morais
*Murilo Mendes
*Jorge de Lima

Desde ja muito obrigado a todos que tentaram me dar essa ajuda,valeu mesmo!

Resposta:

Resposta de: Tati
*Oi*

Mário de Andrade
Mário de Andrade é uma personalidade de múltiplos talentos e de singular influência no meio cultural brasileiro do século XX. Sua atuação nos campos da poesia, romance, crônica, jornalismo, música, folclore e crítica guia-se sempre pela busca de aspectos definidores da identidade nacional e pela valorização das manifestações artísticas e culturais do Brasil.
A releitura crítica do parnasianismo e a defesa de uma nova orientação para a literatura, característica do modernismo. O livro Paulicéia Desvairada.

OSWALD DE ANDRADE
Notabilizou-se principalmente por ocasião da Semana de Arte Moderna, da qual foi um dos promotores e o mais animado participante. Foi a figura mais característica e ativa do MODERNISMO. Criou as correntes de poesia ” Pau-Brasil” e “Antropofágica”, que baseavam a renovação nos motivos primitivos e nos modelos nacionais da terra brasileira. Reivindicou a nacionalização da literatura através da utilização dos motivos indígenas, populares e nativos.

Manoel Bandeira
Um dos principais nomes do Modernismo, Manoel Carneiro de Sousa Bandeira Filho nasceu no Recife, em 1886.
Sua posição como um dos maiores escritores da história brasileira só seria consolidada quase 20 anos depois, com os livros “Estrela da Manhã”, “Lira dos Cinqüenta Anos”, “Mafuá do Malungo”, “Opus 10″ e “Estrela da Tarde”. Apesar da longa vida como poeta, Bandeira só teve lucro com seus livros a partir de 1937, quando ganhou o prêmio da Sociedade Felipe d’Oliveira. Foi ainda colaborador de vários jornais, antologista, historiador e biógrafo.

Cecília Benevides de Carvalho Meireles
Poeta pertenceu à segunda geração do Modernismo, no Brasil (1930 –
1945). E, como se sabe, nesse período literário há o amadurecimento da obra de outros
autores da primeira fase (1922 – 1930A Poesia ofereceu à Cecília uma maneira nova de viver. Abriu as portas de um mundo que uniu o real ao imaginário, que busca encontrar as soluções, construindo um todo de palavras, pois lá, no seu texto, há soluções para a vida. Lá estão registradas as vontades, os sonhos, as lutas, as dores, cada momento que um poeta vislumbra em sua vida. Lá – “no reino das palavras” ela sempre encontrou a paz.

Modernismo – A obra de Carlos Drummond de Andrade
Os principais temas retratados nas poesias de Drummond são: conflito social, a família e os amigos, a existência humana, a visão sarcástica do mundo e das pessoas e as lembranças da terra natal.
Dentre suas obras poéticas mais importantes destacam-se: Brejo das Almas, Sentimento do Mundo, José, Lição de Coisas, Viola de Bolso, Claro Enigma, Fazendeiro do Ar, A Vida Passada a Limpo e Novos Poemas,

Marcus Vinitius da Cruz e Mello Moraes
Ingressa, por concurso, na carreira diplomática.
Poeta essencialmente lírico, o poetinha (como ficou conhecido). Notabilizou-se pelos seus sonetos. Na verdade, Vinícius de Moraes não foi músico, muito menos cantor. Por causa de suas parcerias com tais músicos e cantores, que musicaram seus poemas, é comum tomá-lo por músico, conhecidas as várias canções de sua autoria. O detalhe importante é que Vinícius não era um compositor, só letrista.

Murilo Monteiro Mendes

A primeira delas, caracterizada pelo, Humor e irreverência, compreende as obras “Poemas – 1930” ; “Bumba-meu-poeta – 1930” e “História do Brasil – 1932” .
Nessas obras é explicita a influência das principais características da primeira fase do Movimento Modernista sobre o poeta, como por exemplo: a reescritura de textos do passado, na forma de paródia; o predomínio da linguagem coloquial e, sobretudo, o humor e irreverência.
Estréia literária: revistas do Modernismo, Terra Roxa e Outras Terras e Antropofagia. .
Segundo a crítica, no Modernismo brasileiro, ele foi das sátiras e poemas-piadas ao estilo oswaldiano, caminha para uma poesia religiosa, sem perder contato com a realidade social; o próprio poeta afirma que o social não se opõe ao religioso.

Jorge de Lima

Jorge de Lima estudou medicina na Bahia e no Rio de Janeiro. Ainda estudante, publicou seu primeiro livro, “XIV Alexandrinos”. Exerceu as funções de médico e ocupou diversos cargos públicos no estado de Alagoas.
Nos anos 1920 publicou vários livros de poemas, entre os quais “O Mundo do Menino Impossível” e “Essa Negra Fulô”, que é o título de seu poema mais conhecido. Em 1930 transferiu-se para o Rio de Janeiro, onde lecionou na Universidade do Brasil e na Universidade do Distrito Federal. Em 1935 foi eleito vereador, ocupando depois a presidência da Câmara dos Vereadores.
Os versos de Jorge de Lima figuram entre os mais importantes do modernismo brasileiro. O autor publicou também romances, ensaios e peças de teatro. Tendo tido formação autodidata em artes plásticas, publicou também o álbum de fotomontagens “A Pintura em Pânico”,

*Fim*

Give your answer to this question below!


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>